10 anos sem Michael Jackson: como o Rei do Pop mudou a indústria musical.

Saiba o que mudou após o fenômeno Michael Jackson.

Hoje completa 10 anos desde que Michael Jackson – apenas seu corpo físico – nos deixou. Todo dia 25 de junho será como este dia: a justa lembrança deste artista será celebrada enquanto houver vida na Terra. Michael Jackson é um elemento da música.

A afirmação “Michael Jackson é o maior artista que já existiu” não é coisa de fã. É um fato. Michael Jackson contribuiu e mudou toda a esfera musical.
Em mais de 4 décadas de carreira, Michael transformou a cultura, fez da música um espetáculo sonoro e visual. A música de Michael Jackson transcendeu gêneros, idades e raças, estabeleceu um novo jeito de ver a arte e continua influenciando artistas em nossos dias. Hora de conferir algumas das principais contribuições de MJ para indústria.

Um talento natural. Um artista completo.

Michael Jackson espantou o mundo logo na infância com seu talento vocal. Não se sabe se ele fez aulas de canto durante sua vida, mas era certo que ele alcançava 8 oitavas – isso é algo absurdo para voz masculina. Além disso, Michael era um dos poucos em seu tempo capaz de compor, produzir, cantar e dançar. E claro, fazer tudo isso com maestria.

via GIPHY

“Fundou” a MTV

Acredite, quando a MTV surgiu o negócio era muito fraco. Era um canal onde artistas negros não tinham nenhum espaço e a audiência era baixa. Com sua fama, MJ decidiu colocar seus vídeos clipes na programação da emissora, sendo o primeiro negro a ter um clipe na MTV. Após isso, a MTV bombou e a barreira racial caiu por terra, o que tornou possível a entrada de todos os artistas afro-americanos na TV.

Anúncio do vídeo de “Thriller” que seria exibido com exclusividade na MTV

Vídeo clipes não, curtas-metragens

O antigo conceito de vídeo clipe costumava ser simples, na maiorias das vezes, o cantor de pé cantando com algum plano de fundo estático. Michael mudou isso em “Thriller”, ali surgiu o conceito de enredo para vídeo clipes. E o que diremos de “Black or White”?

via GIPHY

Um instrumento humano

Michael Jackson era um mestre do groove. Ele criou inúmeros elementos percussivos fazendo beat box (quem usa e abusa disso hoje em dia é o Timbaland), ninguém fazia isso antes dele.

Algumas músicas em que você vai encontrar Michael fazendo beat box são:

  • Jam
  • Who Is It
  • Billie Jean
  • Wanna Be Startin Something
  • Tabloid Junkie
  • Speed Demon
  • Workin Day and Night
  • Smooth Criminal
  • They Don’t Care About Us

Música gera audiência na TV

Em 16 de maio de 1983 foi ao ar pela NBC, o “Motown 25”. Aquela noite, além da apresentação de grandes nomes do soul music, marcaria a última performance dos The Jacksons (ok, eles se reuniriam novamente quase 20 anos mais tarde). A transmissão original de duas horas foi assistida para cerca de 47 milhões de pessoas, ou seja, 35% dos EUA estava com a TV ligada no especial para ver Michael Jackson, números jamais alcançados por um evento musical. Neste dia, Michael apresentou o Moonwalk ao mundo.

Deixe seu comentário

Você vai curtir ler