Genius acusa Google de “roubar” letras de seu banco de dados

Illustration: Alex Castro / The Verge
Ctrl C + Ctrl V ?

O Genius, uma das maiores autoridades em conteúdo musical, está acusando a Google de “roubar” as letras de seu site para publicar em seu mecanismo de buscas.

O portal começou a desconfiar da Google ainda em 2016, quando tiveram acesso exclusivo à letra de “Panda“, do Desiigner, e notaram que o texto era exatamente o mesmo. Em outros portais de letras, o Genius notou alguns erros de pontuação, entre outras falhas.

Agora veio a “prova” de que a Google realmente copia e cola o conteúdo do Genius. O Genius alternou apóstrofos retos e curvos, numa espécie de “marca d’água” para dar o “pulo do gato” na Google. Confira o vídeo abaixo.

Em entrevista ao The Wall Street Journal, os representantes do Genius informaram que em abril deste ano, foi enviado uma carta à Google alertando sobre a prática. Porém, a Google segue negando a prática antiética.

Desde que o Google passou exibir as letras de músicas no mecanismo de busca, a audiência do Genius sofreu impacto negativo. A situação ainda não foi para justiça, uma vez que, o Genius não é dono das letras.

Deixe seu comentário

Você vai curtir ler